A primeira dor de dente casada.

Você tem noção do que é uma dor de dente?! E quando se trata do canal?!

Pois é, a exatamente uma semana atras começou a minha tortura dentária. No domingo como de costume, sai com meu marido e pais para almoçar fora, conversa vai e conversa vem almoçando sinto que meu dente o penúltimo da arcada inferior havia trincado, até aí tudo bem, levei um susto mas não doeu nem nada fiquei na minha.

Fomos para casa e de tarde sempre tem aquele café da tarde, minha mãe resolveu fazer o bolo de macaxeira, e para quem nunca comeu esse delicioso bolo pelo menos aqui em casa comemos ele sempre quentinho. Gente foi aíííí que a coisa começou a ficar tensa. Dei a primeira mordida e já senti a dor, sim AQUELA DOR insuportável que eu nunca tive na vida. Só que para não preocupar ninguém fiquei na minha e a dor foi aumentando cada vez mais. Sentei no sofá e minha mãe pergunta ta tudo bem?! Não tive como esconder por a minha cara de dor era nítida. Respondi; Estou com dor de dente. E mãe sempre sabe né, não tem como esconder.

E nisso gente meu marido lindo estava no PC fazendo não sei o que e eu na sala com dor.

Passado uns 10 minutos minha mãe veio e me deu paracetamol e nada de melhorar, meu marido aparece na sala e pergunta;

Amor você bem?!

Minha mãe responde por mim; Ela está com dor de dente.

Ele: Tomou remédio?! Respondo; Sim

Ele: Já vai passar meu amor.

Nisso fui deitar pois a dor estava cada vez pior, passado 2hs tomei outro paracetamol e nada de melhorar gente. Acordei de madrugada chorando de dor, acordei meu marido e o pior de tudo não tinha mais remédio. Deitei na cama chorando e meu marido coitado fazia carinho em mim para aliviar a dor, até que peguei no sono de novo. Eu sei que fiquei até as 4hs da manhã dando trabalho pra ele e ele ali do meu lado segurando minha mão e fazendo carinho na minha nuca COISA MAIS LINDA!!!!!

No dia seguinte 7hs da manhã acordamos e corremos para farmácia, ele queria me comprar a farmácia inteira hahahahaha….. Fui comprei os remédios para aliviar a dor e marquei o dentista.

Resumo

Estamos tão acostumados com o colo de pai e mãe que na hora da dor pensamos neles…..mas esquecemos do nosso companheiro (a), aquele (a) que escolhemos para caminhar conosco diariamente. E agradeço a Deus todos os dias por ter colocado um homem maravilhoso do meu lado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s